(1)

Efésios 2:19 “Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus”. A Igreja não é um lugar para congregar, mas uma família para pertencer. A Bíblia nos deixa claro que pela fé em Cristo Jesus nos tornamos filhos de Deus. Deus nos escolheu para nos chamar de filhos, isso é uma realidade muito forte. Efésios 1:5 “nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo.”
Na sua opinião, se todos nós que entregamos nossas vidas a Jesus, nos tornamos filhos de Deus, como você acha que devemos tratar uns aos outros?

(2)

A Igreja está crescendo muito, e juntamente com esse crescimento, corremos o risco de perder as características que nos fazem ser família. Sempre deve existir em nós o sentimento de que quando estamos nos cultos e nas células, por exemplo, estamos juntos com a família que Deus nos deu. Na nossa família nenhum é igual ao outro, e quase sempre temos pensamentos diferentes. Nem sempre estar junto com a família é bom. Família passa por momentos bons e por momentos de dificuldades. Porém, apesar desses motivos nunca deixamos de ser família. Então, por que pensamos que na família de Deus tudo tem que ser perfeito? Na família de Deus, também somos diferentes uns dos outros e, algumas vezes, passamos por momentos difíceis. Porém, nunca podemos esquecer que somos filhos de um mesmo Pai e devemos aprender a viver em família, ajudando uns aos outros. Na sua opinião, por que é tão importante enxergarmos a Igreja como uma família?

(3)

Hoje, há três tipos de Igreja. 1) Igreja Fábrica. É aquela, na qual todo mundo parece igual, ou seja, fala igual, se veste igual e etc. 2) Igreja Fantasia. É aquela que tudo está perfeito. Tanto as pessoas como a estrutura. Porém, quando as pessoas saem pela porta, as máscaras de alegria e felicidade caem, e a realidade de uma vida triste e cheia de amargura vem à tona. Na sua opinião, o que faz uma pessoa querer viver uma mentira dentro de algumas Igrejas?

(4)

3) Igreja Família. Temos que decidir ser uma Igreja Família, pois nem todo mundo se veste ou fala igual, mas todos se respeitam e entendem que precisam uns dos outros. Por mais que sejamos diferentes, somos uma família. Família é um lugar de transparência, onde não temos a obrigação se sermos perfeitos, mas com a ajuda uns dos outros vamos nos aperfeiçoando em Cristo Jesus. Na sua opinião, que atitudes podemos ter para nos tornarmos uma família de verdade para nosso irmão em Cristo?

(5)

Como é uma família? Recebemos filhos, enviamos filhos em honra para começarem novas famílias. I Pedro 2:17 “Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei. ” O mandamento é amar, pois gostar está relacionado com afinidade. Por exemplo, gostamos de um time de futebol, de um estilo de música, e etc. Amar está acima de todas essas coisas. Jamais podemos esperar que as pessoas façam as nossas vontades, pois o que o Senhor nos chama para fazer tem a ver com as necessidades e não as “vontades” do próximo. Na sua opinião, por que é melhor dar do que receber?

(6)

I Timóteo 3:15 “para que, se eu tardar, fiques ciente de como se deve proceder na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade.” Existem cinco níveis crescentes de comunhão na família. Hoje, falaremos apenas de dois.1-Membresia. Escolher a quem pertencer. Romanos 12: 5 “assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros” 2-Amizade. Nosso relacionamento com a família de Deus não pode ser superficial. Quantos amigos temos na Igreja local? Atos 2:44 “Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum”. Gálatas 6:2(Abrir e ler). Devemos compartilhar nossas experiências e nossos problemas. Provérbios 27:17 (Abrir e Ler). Amigo verdadeiro é aquele que te leva a cumprir o seu propósito em Deus. Provérbios 17:17 “Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão.” Muitas situações podem ter nos levado a decidir não ter amizades profundas, mas você considera que agir dessa forma é da vontade de Deus para nós?

(Conclusão)

Confiar e crer em Deus é entender que por mais que estejamos convictos de uma realidade, decidimos acreditar naquilo que a palavra diz. Deus não nos chama para andarmos com máscaras, mas sermos transparentes e verdadeiros. Devemos olhar para cada pessoa da família de Deus como nossos irmãos. Precisamos converter o nosso coração para sermos família de verdade, pois somos Filhos do mesmo Deus, assim como Cristo Jesus.

(Palavra da oferta)

Atos 2:44 “Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum”. Tudo que temos vem do Senhor. Então, se o Senhor colocar em seu coração para você ajudar seu irmão com algo, faça isso. Como posso agradar melhor o Senhor? O que posso ofertar a um Deus que tanto me ama?