(1)

1) O Senhor deu autoridade ao homem para governar.
Lucas 10:19-20 “Eis aí vos dei autoridade para pisardes serpentes e escorpiões e sobre todo o poder do inimigo, e nada, absolutamente, vos causará dano. Não obstante, alegrai-vos, não porque os espíritos se vos submetem, e sim porque o vosso nome está arrolado nos céus.” O Senhor deu autoridade ao homem para dominar sobre a terra, porém, quando lemos o texto de Lucas, percebemos que, apesar de toda essa autoridade concedida, o coração de todo homem precisa estar no céu. Muitas pessoas pensam que governamos sobre a Terra apenas para desfrutar daquilo que ela pode nos oferecer. No entanto, precisamos saber que governamos juntamente com Cristo, ou seja, a autoridade que temos é Dele e deve ser usada para Ele. Cristo deu a Sua vida para que fôssemos purificados dos nossos pecado e tivéssemos livre acesso a Ele.
Assim, devemos ajuntar nosso tesouro nos céu. Na sua opinião, como podemos ter nosso nome escrito no céu?

(2)

2) O modelo do Reino. Precisamos entender o modelo desse governo. Quando Jesus veio a essa terra, muitas pessoas não o reconheceram, pois esperavam um rei cheio de riquezas e com um grande exército. Porém, Ele veio humilde, nascido em uma manjedoura e usando um jumentinho como transporte. Jesus escolheu vestir vestes de humildade. Lucas 10:21 “Naquela hora, exultou Jesus no Espírito Santo e exclamou: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.” Pessoas improváveis, aos olhos humanos, receberam a revelação de quem Jesus era. Mateus 16:22-27(Abrir e Ler). Precisamos resgatar os valores do Reino: Humildade, Temor, Quebrantamento e Contentamento. Na sua opinião, que atitudes podem demonstrar uma vida entregue ao governo do Senhor Jesus?

(3)

2.1) Humildade. Mateus 23:12 “Quem a si mesmo se exaltar será humilhado; e quem a si mesmo se humilhar será exaltado.” 2.2) Temor. Hebreus 4:13 “E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas.” Haverá um dia que estaremos diante do Senhor para prestarmos conta de tudo aquilo que fizemos. Isso deve gerar em nós temor, para vivermos uma vida segundo a vontade de Deus. Na sua opinião, que frutos colheremos se mantivermos uma vida de humildade e temor diante do Senhor?

(4)

2.3) Quebrantamento. Provérbios 29:11 “O homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz será quebrantado de repente sem que haja cura.” 2.4.) Contentamento. ITimóteo 6:7-12(Abrir e Ler). Não podemos perder esses 4 valores do reino. Devemos servir ao Senhor de todo nosso coração, independente de alcançarmos muitas riquezas ou não. Nosso coração não pode estar nas coisas dessa terra, nosso tesouro precisa estar no céu.

(5)

3) Perdendo a autoridade do Reino. Em Gênesis 38:11-18, lemos que Judá entregou para Tamar o Selo, o Cordão e o Cajado. De uma maneira geral, esses três objetos representam a autoridade. O propósito do pecado é separar-nos do Pai para roubar nossa identidade e autoridade. Quando isso acontece, já não nos importamos mais com o coração do Pai e nos esquecemos do propósito eterno para nossas vidas. Assim, nosso foco muda para o egoísmo desse mundo. Na sua opinião, de que forma o pecado pode perder as forças em nossas vidas?

(6)

Mateus 13:44-45 “O reino dos céus é semelhante a um tesouro oculto no campo, o qual certo homem, tendo-o achado, escondeu. E, transbordante de alegria, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo. O reino dos céus é também semelhante a um que negocia e procura boas pérolas”. A Bíblia nos ensina que nossa vida, aqui nessa terra, é passageira. Estamos aqui para cumprir um propósito que não tem nada de semelhante com as coisas desse mundo. Na sua opinião, existe algum exemplo bíblico de alguém que se aproximou do Senhor e começou a amar mais desse mundo?

(Conclusão)

Mateus 16:26 “Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma?” Não podemos perder a visão celestial e nem perder de vista o tesouro escondido em Deus. O pecado quer nos deixar perdido, ou seja, sem identidade e sem autoridade. Por isso, devemos ter os valores do reino muito presentes em nossas vidas, e saber que nada é maior que o Reino de Deus. Hoje, devemos procurar com muita perseverança o tesouro que é o reino dos céus.

(Palavra da oferta)

Precisamos entender que tudo vem do Senhor. Ele é nosso provedor, independente das circunstâncias. “Onde está nosso tesouro, aí está nosso coração.”