(1)

Na primeira ministração dessa série aprendemos sobre a perseverança. Além dos exemplos bíblicos, vimos o exemplo de Desmond Doss, o soldado que lutou sem armas para salvar quase cem combatentes na batalha de Okinawa, Japão. Aprendemos então que o prêmio do Senhor é para quem perseverar até o FIM. Na segunda ministração, aprendemos sobre a resiliência, ou seja, a capacidade de voltar ao estado original depois de passar por uma situação muito difícil. Na terceira ministração, aprendemos sobre aquela honra que não deixa a história se perder, que não deixa que os sacrifícios dos nossos antepassados sejam em vão. Devemos honrar o que Jesus fez, o que os apóstolos fizeram e que os missionários passaram para que hoje estivéssemos aqui. O que você acha que poderíamos fazer para adquirir essas marcas de um valente?

(2)

“Aquele que não tem uma causa pelo que morrer, não tem uma razão para viver”. Todo valente é reconhecido pela causa, por isso essa é uma das principais marcas de um valente. Sobreviver é instintivo, qualquer animal o faz. Porém, só aquele que tem uma causa pode desfrutar da vida. Heróis ou valentes são lembrados pela causa pela qual lutaram. Hebreus 11:33-40(Abrir e Ler). O texto fala sobre homens que o mundo não era digno. Se nos tornarmos cristãos verdadeiros, passaremos a viver um outro padrão de vida totalmente diferente do mundo. Por qual causa você estaria disposto a lutar para ser lembrado no final da sua vida?

(3)

Abraão foi um homem fiel, mas não viu as famílias benditas nele, nem a nação de Israel. Os profetas foram torturados por liberarem promessas que eles nunca viram se cumprir. O apóstolo Paulo deu a sua vida sem ter ideia do que suas epístolas fariam conosco. Na realidade, parece que o Senhor estava o tempo todo mirando em nós. Ele fez tudo e colocou tudo em nossas mãos, por exemplo, as cartas dos profetas e as epístolas de Paulo. Qual o motivo de tudo isso? Para que toda terra se encha do conhecimento do Senhor como as águas cobrem o mar. Na sua opinião, o que podemos fazer para que toda a terra se encha do conhecimento do Senhor?

(4)

Isaías 11:9-10(Abrir e Ler). Nós somente conhecemos alguém ou algo se nos for apresentado. Então, como a terra se encherá do conhecimento do Senhor? Quando apresentarmos o Senhor aos moradores da terra, através da pregação do Evangelho. Essa é a razão da existência da Igreja na terra, ou seja, essa é a nossa missão, a nossa CAUSA. Marcos 16:14-18 “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado. Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados. ” Para que os sinais do Senhor nos acompanhem, o que você acha que precisamos fazer?

(5)

Jesus repreendeu a incredulidade e os mandou pregar.
Após repreender a incredulidade dos discípulos, a maioria de nós concordaria se Jesus falasse que eles não podiam pregar. Porém, mesmo repreendendo a incredulidade deles Jesus os mandou pregar. Talvez, essas fossem as 3 razões que explicariam a atitude de Jesus: A) Jesus ainda não tinha enviado o Espírito Santo e quando Ele fizesse isso, tudo mudaria. B) II Timóteo 4:1-2Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. ” C) quanto mais estamos com o Senhor, mais queremos estar. George Muller fala a seguinte frase:  ‘O caminho para se obter um espírito de oração é continuar orando. Quanto menos orarmos, menos desejo teremos de orar.’ Se o inimigo tentar nos impedir de pregar o Evangelho através do medo, do desânimo, da falta de fé e etc, como você acha que devemos reagir?

(6)

Mostrou as consequências da pregação e garantiu poder. a) quem crer e for batizado será salvo. Você consegue pensar em uma consequência mais poderosa do que essa? Mudar a eternidade das pessoas? b) “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados. ” Não veremos essas manifestações do poder de Deus para depois pregar, só poderemos vê-las enquanto pregamos. Não podemos deixar nada nos impedir de pregar o Evangelho.

(7)

Jesus não nos deixou outra missão, outra causa. “Por que alguém deveria ouvir do evangelho duas vezes, quando há pessoas que não ouviram nenhuma vez”. – Oswald Smith. O motivo do inimigo colocar tantas distrações diante de nós é para que a obra do Senhor pare. Neemias 6:3-4(Abrir e Ler). Você sabia que quando você está desencorajado, você desencoraja outras pessoas? Você sabia que a sua coragem sempre vai encorajar outras pessoas? Estamos fazendo uma grande obra, não podemos parar.

(Conclusão)

Precisamos encher Fortaleza do conhecimento do Senhor através da pregação do Evangelho. Essa é a causa para qual fomos criados. Através das nossas vidas rios de águas vivas fluirão e pessoas conheceram a Salvação. Como valentes, precisamos lutar pela nossa causa para ver a terra se encher do conhecimento da Glória do Senhor assim como as águas cobrem o mar.

(Palavra da oferta)

Por que você está aqui hoje? Por que você dizima e oferta? Qual é a causa por trás disso? Toda a estrutura da igreja e vários missionários ao redor do mundo são sustentados pela oferta que você deposita no altar. Tudo isso é para que a terra se encha do conhecimento da Glória de Deus.