(1)

Levíticos 6:6:13 (Abrir e Ler). No antigo testamento observamos que os sacerdotes tinham uma função muito importante. Eles lidavam com a oferta pela culpa para o perdão dos pecados do povo e cuidavam do holocausto, que era uma oferta agradável ao Senhor. IPedro 2:5 “também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo.” Quando Cristo Jesus deu Sua vida por amor a nós, fomos feitos sacerdotes do Deus altíssimo. Assim, o sacrifício que oferecemos hoje ao Senhor somos nós mesmos.
Na sua opinião, apesar das nossas falhas, por que Deus nos aceita como um sacrifício agradável a Ele?

(2)

Por meio de Jesus Cristo.
Quando os sacerdotes estavam oferecendo sacrifícios no tabernáculo, eles precisavam ser purificados com sangue e com água. Existiam muitos rituais que precisavam ser seguidos para que os sacrifícios pudessem ser aceitos. Hoje, somos aceitos como sacrifício agradável a Deus por meio de Jesus Cristo, através do Seu precioso sangue que foi derramado por nós. Levíticos 10:1-2 “Nadabe e Abiú, filhos de Arão, tomaram cada um o seu incensário, e puseram neles fogo, e sobre este, incenso, e trouxeram fogo estranho perante a face do SENHOR, o que lhes não ordenara. Então, saiu fogo de diante do SENHOR e os consumiu; e morreram perante o SENHOR.” Nadabe e Abiú ofereceram fogo estranho. Provavelmente aquele fogo não foi tirado do fogo que desceu do céu. Não podemos inventar um fogo, precisamos desejar o fogo que vem de Deus, pois quando o fogo não vem Dele gera morte. Só podemos enviar para o céu o que do céu veio para nós. Na sua opinião, como devemos nos apresentar diante da presença do Senhor?

(3)

Romanos 12:1 “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.” Como o meu corpo poderia ser um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, se cometi tantos pecados no meu corpo e com o meu corpo? I João 3:5 “Sabeis também que ele se manifestou para tirar os pecados, e nele não existe pecado.” Precisamos entender que quando recebemos o perdão de Deus, o pecado não mais existe em nós. Somos aceitos por causa do sangue de Jesus derramado em nosso favor. Na sua opinião, por que o pecado não pode ter mais domínio sobre nós quando entregamos nossa vida ao Senhor?

(4)

Nos oferecemos a Deus.
Sofonias 3:17 “O SENHOR, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para salvar-te; ele se deleitará em ti com alegria; renovar-te-á no seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.” Deus se alegra cada vez que fazemos algo para Ele. Então, quando oramos, adoramos, nos comportamos de uma forma que o agrada e quando testemunhamos do Seu amor para outras pessoas, alegramos o coração do nosso Pai. Romanos 12:1 (Abrir e Ler). Nosso corpo foi santificado, purificado para ser um sacrifício agradável a Deus. Precisamos fugir da prostituição, pois somos Templo e morada do Espírito Santo. Na sua opinião, quais atitudes podem demonstrar que constantemente estamos nos oferecendo como um sacrifício agradável a Deus?

(5)

Nosso sacerdócio também é em benefício do outro.
IPedro 2:9 “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;” Hoje, diferente do antigo testamento, ninguém precisa oferecer sacrifícios pelos pecados de outras pessoas, pois isso já foi feito. Então, o que precisamos fazer é proclamar. Proclamar as virtudes Daquele que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Fomos escolhidos pelo Senhor e somos Sua propriedade exclusiva. Nossa função como sacerdotes é levar essa realidade para o mundo, anunciando o poder de Deus e a Salvação. Na sua opinião, como o mundo pode saber que existe perdão para seus pecados e que todos foram chamados para ser um sacerdote?

(Conclusão)

Hebreus 9:14 “muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo!” Quando Jesus se torna o dono das nossas vidas, passamos a ter uma consciência livre de qualquer culpa e acusação pelos erros cometidos no passado. Jesus Cristo, além de nos perdoar nos purifica novamente. Devemos nos apossar dessa verdade. Nada pode nos acusar. Como sacerdotes, devemos nos oferecer como sacrifício agradável a Deus e proclamar as virtudes Daquele que nos chamou das trevas para a Luz.

(Palavra da oferta)

Romanos 12:1. Uma das maneiras que podemos ser um sacrifício ao Senhor é ofertando. Quando ofertamos estamos dizendo o que Ele é para nós. Devemos ofertar com alegria, pois é dessa maneira que Ele nos pede.